23.5.13

Manias...


Eu vou contar porque eu li, por ai, uma menina descrever suas manias, como escovar os cabelos 30 vezes, caso desembaraçasse todo, caso contrário ela escovava mais 30 vezes. Me lembrei disso enquanto assistia “100 escovadas antes de dormir”. Não tem nada a ver com o filme, só me lembrei dos casos.

Há uns anos atrás, eu achava que eu era doida, pois eu tinha essas manias. Eu tinha sempre que escovar meus cabelos em números pares, ou seja, eu contava as escovadas e nunca terminavam no 13, 15 ou 21, terminava sempre em 12, 16 ou 22 escovadas.

Quando eu era criança, eu contava meus passos, sempre de 4 em 4, e quando eu tinha que parar de andar no 2 ou 3 eu sempre dava um jeitinho de terminar no 4°. Só parei de fazer isso, com muito sacrifício, quando começou a me dar náuseas – é, náuseas mesmo – de ter essa “responsabilidade”, mas graças a Deus consegui depois de alguns anos.. Rsrs.

Outra mania era olhar as placas dos carros. Coisas de pré-adolescentes de inventar bobagens do tipo: Se você olhar para a placa do carro e tiver números repetidos representa alguma coisa. Como, por exemplo, 8577 é sorte, 8511 ele esta pensando em você, 8544 faça um pedido que ele se realiza no 5521... Mas que coisa mais idiota, não?!

Teve uma época que eu me sentia como se tivesse uma massa invisível grudada em meu corpo, e eu tinha que tirar essa massa senão parecia que eu ia sufocar. Dava raiva, porque eu “tirava”, mas sempre voltava... kkk.

Eu não podia ser normal e ter umas manias normais como enrolar os cabelos, coçar a testa ou qualquer outra coisa?! Aff!

Hoje, além de eu ser quase hiperativa, tenho mania de nunca entrar em um lugar com o pé esquerdo. Quando vou subir uma escada, eu começo com o direito, mas se vejo logo que vou terminar com o esquerdo já troco pelo direito... kkk. Não durmo sem lavar os pés, quando deito cubro minhas orelhas com o cabelo “pra não entrar mosquito”, lavo as mãos sempre que pego em algo da rua, estalo os dedos... 

Por favor, me diz que isso é normal! 

2 comentários:

Unknown disse...

Eu tinha mania de jogar o chinelo para cima, e se ele caísse virado para baixo era sinal que tal coisa iria acontecer de um jeito, e se ele caísse para cima era sinal que a tal coisa não iria acontecer.
A maneira com que o chinelo caísse poderia mudar totalmente o rumo da minha vida.

Pode isso ? rsrs

E confesso depois de grande ainda jogo muito chinelo para poder saber o destino da minha vida.

Cada louco com a sua mania. rsrs

Ass: Rosy (YR...rsrs)

Priscila Rodrigues disse...

Kkkk... que responsabilidade de um chinelo. Eu usava chinelo só pra tacar no meu irmão.. kkk.

Bjo, Rosy, bom te ver por aqui ;)